5 Erros ao pegar um gatinho

   O número de pessoas que estão optando por ter um gato em casa esta crescendo, até porque não tem como resistir a essas coisinhas fofas! Eles são super engraçados, dorminhocos, andam de lado quando filhotes (coisa mais fofa não é?), da vontade de esmagar. Mas infelizmente não podemos pensar só nas partes boas na hora de adotar, um gato é um plano a longo prazo onde requer atenção e uma disponibilidade financeiras. Citei cinco erros que as pessoas tomam ao adotar um gato.

1. Adotar impulsivamente.

   Um gatinho não é uma peça de roupa onde você pode comprar, se arrepender depois e devolver a loja. Ao adotar qualquer animal junto com ele existem responsabilidades, claro que gato é muito simples de cuidar comparado a um cachorro, mas não se prenda a isso. Existe o remédio que vai ter que ser dado de 8 em 8 horas se ele ficar doente, a caixinha de área que precisa ser limpa umas duas vezes por semana ou mais, ficar de olho para ver se eles tem comida, água e assim vai. Eles pode viver muitos anos, então não é uma decisão tão simples.

   Pesquise, fale com amigos e familiares para entender como é ter um gato. Eu mesma fui super chata, perguntei para uma amiga um trilhão de coisas, morria de medo porque moro sozinha. Agora tenho duas gatas lindas e sou muito apaixonada por elas.

  
2. Ser mão de vaca.

   O gato, assim como qualquer ser vivo, tem gastos. Assim que pegar o seu você vai precisar ter telado sua casa, comprado uma caixa de transporte, um comedouro, bebedouro, caixa para fazer as necessidades, areia e ração. Aos poucos você vai perceber a necessidade de brinquedo para ele não arranhar o sofá, cortador de unha, vacinas, castração. Sem contar que o gato pode ficar doente e consultas ao veterinário podem ser necessárias.

   Se não estiver disposto a gastar com um animalzinho, esqueça! Melhor não pegar do que querer comprar a ração mais podre ou não achar necessário vacinar ou castrar só para economizar (já viram gatos no cio? É insuportável).

  
3. Não ter uma casa à prova de gato!

   Os gatos são MUITO curiosos, então é necessário tomar alguns cuidados, o principal é ter um apartamento telado. Pode acontecer sim do seu gato cair da janela, principalmente se estiver atrás de algum bicho que esteja voando, eles são extremamente caçadores. Além disso é necessário tomar cuidado com fios elétricos, sacolas plásticas, fio dental, produtos de limpeza, veneno de rato (ou seja lá qual for) e assim vai.

   Os gatos conseguem subir em todos os móveis, então é importante tomar cuidado com aquele fogão acesso (principalmente quando ele é filhote e ainda não sabe muito bem o que é perigoso), com o ferro de passar roupa, cafeteira e assim vai.

5 Erros ao pegar um gatinho

4. Separação precoce da mãe

   O leite materno é muito importante para um filhote. Ele é capaz de prevenir doenças e acelerar a recuperação. Minha segunda gatinha, a Mel, foi achada na rua e ela não aceitou leite materno, vejo que ela fica gripada com uma frequência muito grande, enquanto a Kiara que mamou o tempo certo, nunca ficou doente. Claro não sei se isso é por conta do leite materno, mas eu acredito que pode ter ligação sim.

   Além disso falam que ao separar cedo da mãe a dificuldade em educar é maior, mas não sei garantir se isso é verdade.

  
5. Não ter tempo para ficar com o gatinho

   Os gatos são mais independentes que os cachorros, isso é verdade, mas isso não quer dizer que eles não gostam de carinho. Eles são extremamente carentes, minhas gatas adoram sentar no meu colo enquanto eu trabalho, vejo tv ou na cama. E pode ter certeza que eles vão retribuir todos esse amor, as minhas gatinhas ficam roçando em mim pedindo atenção e não tem como resistir.

   Ao sair para o trabalho eu escuto elas miando na porta e já fico com vontade de voltar, beijar as duas, esmagar. Mas o bom é que uma faz companhia para a outra, além disso elas dormem bastante então consigo ter um tempo para mim e para elas.

Apaixonada por praia e Sol. Tentando aprender a surfar faz uns 3 anos. Sonha em viajar o mundo todo trabalhando com o blog.


  1. Mariane 20/08/2015

    Excelente publicação! Acho que vale para qualquer animal de estimação! Tem que querer muito, se dedicar e cuidar! Amei <3
    Beijo

    Dicas para Todas

    • Ba Almeida respondeu Mariane 01/09/2015

      Siim, sem dúvida vale para qualquer animalzinho!

  2. Pâmela Lepletier 20/08/2015

    Ótima publicação, não sabia sobre a separação precoce da mãe.
    Eu já tive vontade de ter gato, mas minha mãe é alérgica e eu tenho minha filha Belinha que é uma cachorra muito ciumenta, não ia dar certo. rsrs
    Beijos!

    Blog Pam Lepletier / Vem saber sobre a minha nova câmera

    • Ba Almeida respondeu Pâmela Lepletier 01/09/2015

      hahaha então, a cachorrinha é um problema. Mas eu era bem alérgica, mas desde que peguei minhas gatinhas minha alergia diminuiu demais, raramente minha rinite ataca

  3. Thay 20/08/2015

    Ouço muito gente falando que gostaria de comprar um gato por ser bem mais pratico, facil, simples, independente, etc. Nunca concordei .. cada um da a criação que quer, como todo animal gato precisa de carinho, atenção, cuidado, etc.. e nao deixar ao relento !
    Otimo post !

    bjooos

    • Ba Almeida respondeu Thay 01/09/2015

      Se for comparar com cachorro ele dá menos trabalho, mas odeio quando pensam que eles não precisam de carinho. As minhas amam, as vezes estou trabalhando e elas vêem perto de mim e começam a se roçar para chamar a minha atenção!

  4. Danielly 20/08/2015

    Eu não consigo gostar de gatos! Mooooooorro de medo! Acho que quando eu era criança eu tinha alergia, aí minha mãe me contava um monte de histórias assustadoras a respeito deles, pra eu nunca chegar perto! Agora eu simplesmente não consigo chegar perto MESMO! Hahahaha fico assustada até quando estou dirigindo e vejo um na rua! Afliçãaaaaaao! Mas tudo que você falou é verdade, e serve pra qualquer animal de estimação! Precisamos nos dedicar e gastar com eles! Mas vale tanto a pena <3

    • Ba Almeida respondeu Danielly 01/09/2015

      hahaha minha tia era igualzinha você, ai depois que eu peguei as minhas ela diz que só as minhas que são amorosas, que gato não é assim. E eu só fico, tia, é mentira, todos os gatos são assim.
      Sou apaixonada por esse animalzinho fofo <3

  5. Isabela Dahbar 20/08/2015

    Oi, Bárbara! Conheci o seu blog exatamente agora e já estou apaixonada! Amei de cara só de ver o post sobre gatos, que inclusive está muito bom. Tenho 3 gatos e já tive muitos na minha vida, não têm coisa melhor do que eles! Nunca tive esses tipos de problemas porque minha família é muito acostumada a viver cercada de animais (principalmente gatos) e inclusive eu, que tenho gatos desde os meus dois anos. Enfim, seu blog é lindo, parabéns! Beijos <3

    • Ba Almeida respondeu Isabela Dahbar 01/09/2015

      Fico feliz que tenha gostado do blog. Meu deus, 3 gatos que sonho hahah tenho 2 e sempre dá vontade de pegar mais.
      Obrigada fofa, desculpa ter demorado para responder, a viagem me atrasou em tudo hahah

  6. Daniela Pereira 20/08/2015

    Por mais que eu seja do team cachorros, acho os gatinhos animais lindinhos! Mas que devem ser adotados com muita conscientização, ainda mais pra quem tá adotando pela primeira vez. Acho a independência deles muuuito boa, ainda mais pra quem passa muito tempo fora, mas também acho muito arriscado adotar um por causa da xeretisse deles e também por causa dos meus cachorros, hahaha. Mas sempre quis ter um também, quem sabe um dia? <3

    • Ba Almeida respondeu Daniela Pereira 01/09/2015

      hahaha eu também era do team cachorro, mas desde que peguei meu primeiro gato, é difícil se decidir. SIm sim, tenha um dia um, é muito gostosooooooo

  7. Eu não sei o que acontece com as pessoas,é sério.Sempre adotam um gato ou um cachorro e de repente, lá estão os gatos abandonados e os cachorros com aquelas carinhas fofas.Sempre tivemos bichos aqui em casa, e quem sempre cuida deles, é eu e minha mãe <3

    Eu acho que é só se colocar no lugar né.

    beeijos 🙂

    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

  8. Mariana Araujo 21/08/2015

    caraca quanta dica boa, eu não tenho nenhum animal de estimação, mas sou louca para ter um
    beijos, Um Mundo Em Duas 

  9. Helton Nunes 21/08/2015

    EXATAMENTE BÁRBARA, FALOU TUDO E MUITO MAIS! Sou igual você, um amante de gatos, se eu ver na rua eu levo pra casa (o que deixa minha mãe muito brava) e não tô inventando história haha, até 4 meses atrás eu tinha 5 gatos, todos achados na rua. Eu tava escrevendo a história de porque eu disse “eu tinha 5 gatos” mas ficou enorme sério, daria um post aqui nos comentários (kkkk). Acho que uma coisa que as pessoas tem que pensar é principalmente em dar atenção pros gatinhos, porque gato é um bicho independente mas quando é doméstico ele necessita de amor e eu não hesito em dar o máximo que eu posso pro meu gato (o único que eu tô agora :/). Outra coisa também é sobre a caixinha de areia que você falou e é realmente NECESSÁRIO, meus gatos faziam as sujeiras deles em baixo da minha cama ou no canto da sala, era horrível, aí minha mãe não aguentou e comprou a caixa de areia (pois é kkk). Adorei o post, sério, adoro postagens que eu fico tão animado assim pra comentar 😀 beijos!

    http://de-moletom.blogspot.com.br/

    • Ba Almeida respondeu Helton Nunes 01/09/2015

      MEU DEUS, 5 gatinhos. Caraca Helton, te admiro demais por pegar todos da rua.
      Siiiim, eles necessitam de amor, não adianta reclamar que ele fica miando, ele só está chamando a sua atenção.
      Mentiraaa, ahaha eu nem arrisquei ficar sem caixinha de areia, mas um dia esqueci de colocar e quando vi fizeram na gaiola do coelho hahah
      Te entendoo, adoro ver pessoas assim como você, da para ver que ama os animais, principalmente essas bolas de pelo lindass

  10. Nathália Costa 21/08/2015

    Que post amorzinho! Dá pra notar fácil sua paixão por animais! O mundo precisa de mais pessoas assim 😉 Muitas pessoas acham que os animais não adoecem, quando isso acontece os abandonam na rua… Lamentável! Como disseram acima é só se colocar no lugar.

    Beijãooo

    • Ba Almeida respondeu Nathália Costa 01/09/2015

      Eu amo MUITO ANIMAAAIS.
      O pior é as pesoas abandonando porque tem filho, ou porque estão roendo e bagunçando, duvido que criança também não da trabalho, algum dia essas pessoas os abandonaram?

  11. Renata Fabrício 23/08/2015

    Eu não curto muito gatos. Não sei porque. Já tivemos dois na casa dos meus pais, mas não sei. Não é um animal que eu sinta que seja tão carinhoso. Sei lá, é um bicho meio livre, vive pulando de casa em casa, e volta a hora que quer. Prefiro cachorros. Mas se bem que no meu pequenino ap, acho que não cabe nem um peixinho por enquanto, então vamos pular essa etapa da vida hahahaha

    • Ba Almeida respondeu Renata Fabrício 02/09/2015

      A mas até entao cachorro se deixa o portão aberto pode fugir e não voltar.
      Eu não gostava de gatos, achava que eles não são carinhosos, ou sei la, mas desde que peguei as minhas eu vi que estava errada, gente elas são fofas demaaaaaaaaais. Ai agora falo que vou ter uns 30 gatos e 1 cachorro hahah

  12. Gloria 26/08/2015

    Adorei o post Barbara, principalmente o último tópico! Os humanos acham que só os cachorros precisam de atenção… Somos reservados mas também precisamos de companhia e carinho. ?

    • Ba Almeida respondeu Gloria 08/09/2015

      Siiiim, os gatos são super carenteees, a minha esta no meu colo enquanto trabalho no blog hahaha

  13. Iago 22/07/2017

    Acabei de jogar meu gato no meio da rua por não aguentar mais o miado dele. Está simplesmente insuportável e a paz que reinava nessa casa acabou. Por sorte (ou azar) a mãe mora ao lado, na casa do vizinho e levou ele para lá. Ele caga a casa toda, não se alimenta direito e vive doente, se eu pego ele no colo ele me urina ou defeca em mim. De qualquer forma, me arrependi de ter pegado um pra criar.

    • Ba Nassar respondeu Iago 24/07/2017

      Infelizmente são por pessoas como você que temos tantos animais abandonados na rua. Um animal não é um brinquedo onde podemos pegar, não gostar e jogar na rua. Ele é um ser vivo.
      Por ser uma pessoa pública, tenho que manter o respeito, mas sua atitude de jogar na rua é abominável! Você poderia NO MÍNIMO ter procurado uma ONG.