Quero Compartilhar: ter uma casa na praia ficou mais fácil

   O post de hoje é para dividir uma empresa inovadora com vocês, a Quero Compartilhar. Comprar um imóvel para passar os finais de semana se tornou um investimento alto e inacessível para muitas pessoas. Pensando nisso, a empresa oferece uma nova maneira de realizar o seu sonho: através do compartilhamento.

   Muitas vezes, quem compra um imóvel para lazer acaba tendo mais prejuízos que benefícios, pois ela não consegue viajar com a frequência desejada e o investimento acaba não valendo a pena. O compartilhamento possibilita à pessoa alugar quotas do imóvel, dividir as despesas e compartilhas a propriedade de forma programada, com familiares, amigos ou com outras pessoas que também tem interesse, pagando um aluguel com valor reduzido.

Quero Compartilhar possibilita às pessoas dividirem despesas com a locação de casas e apartamentos na praia ou no campo

Quero Compartilhar: ter uma casa na praia ficou mais fácil

Quero Compartilhar: ter uma casa na praia ficou mais fácil

Como funciona o Quero Compartilhar.

   Por meio do compartilhamento, o proprietário disponibiliza seu imóvel ou embarcação no site querocompartilhar.com.br. Este se encarrega de de administrar a operação, formação do grupo de interessado em compartilhar a locação, estabelecem os valores, prestam assessoria jurídica, cuidam da manutenção e do gerenciamento da utilização do imóvel.

Alguns dos imóveis e embarcações disponíveis.

   Com mais de 1.100 imóveis cadastrados, o site oferece casas e apartamento para compra ou locação em vários lugares do Brasil. Como por exemplo: São Sebastião, Ilhabela, Riviera de São Lourenço, Ubatuba, Angra dos Reis, Rio de Janeiro e entre outros.

   Abaixo selecionei alguns imóveis e embarcações disponíveis:

Quero Compartilhar: ter uma casa na praia ficou mais fácil

Perguntas frequentes.

Como é feito o compartilhamento do uso do bem?
   Lembre-se que o compartilhamento é de tempo e não de espaço. Significa que cada compartilhador usa o bem com exclusividade durante certo período e não simultaneamente. O calendário base será sugerido pela empresa, gratuitamente, cabendo a decisão final aos compartilhadores.

Há regras para o compartilhamento?
   Após o fechamento do contrato, será enviado um conjunto de Regras de Uso do Bem. Caberá aos compartilhadores acordarem sobre as mesmas, pois elas farão parte do contrato a ser celebrado entre todos (compra e venda ou locação).

Será celebrado contrato após o fechamento do negócio?
   Sim. Através de departamento jurídico, a empresa disponibilizará gratuitamente contrato que, após analisado e acordado entre as partes, deverá ser assinado por todos. Da mesma forma, será disponibilizado o documento “Regras de Uso do Bem” para análise e assinatura.

Quero Compartilhar: ter uma casa na praia ficou mais fácil

Quero Compartilhar: ter uma casa na praia ficou mais fácil

Passeio de lancha com a Quero Compartilhar.

   Tive a oportunidade de conhecer o trabalho da empresa mais de perto, e fui em um passeio em uma das lanchas que o site compartilha. O melhor de tudo é que gravei tudo para vocês!

   Para assistir o vídeo é só dar o play ou clicar aqui.

   Gostou do vídeo? Não deixe de se inscrever no meu canal e dar like no vídeo para ajudar na divulgação.

   
   E ai gostaram? Meu sonho de ter uma lancha está cada vez mais perto.

Apaixonada por praia e Sol. Tentando aprender a surfar faz uns 3 anos. Sonha em viajar o mundo todo trabalhando com o blog.

  1. Kaila Garcia 02/12/2016

    Suas fotos ficaram lindas demais, amei sua indicação! Bá, você tem algum plugin para slide na página inicial para indicar?
    Um super beijo, Blog Minuto de Bobeira

    • Ba Nassar respondeu Kaila Garcia 19/12/2016

      Fico feliz que tenha gostado Ka. Então, tem vários plugins, eu gosto dos: Meteor Slides, Slidely Slideshows Embed e Eazy Flickity Slider (:

  2. Vickawaii 03/12/2016

    Eu estudei isso! Tem uma disciplina na faculdade de direito chamada “Direito das Coisas” e debatemos que está sendo muito comum essa forma de posse compartilhada. Acho que é uma boa alternativa para quem faz questão de ter uma casa na praia (por exemplo) mas não vê vantagem em investir em um imóvel que ficará parado durante quase o ano todo. No mais, queria passear de lancha também!!!

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    • Ba Nassar respondeu Vickawaii 19/12/2016

      Sim, sem dúvida é uma ótima forma. Por exemplo, eu amo praia, mas aqui em São Paulo capital não tem, e ter uma casa de praia é um investimento caro. Mas quando se divide, é tudo mais simples né?

  3. Sté Maciel 04/12/2016

    Essa ideia é muuuito bacana, vale a pena dar uma olhada!

    Beijão, mariasabetudo

  4. Lilian Moraes 05/12/2016

    Caramba, interessante a proposta da empresa. E esse seu passeio de lancha parece ter sido incrível! Gostei do maiô.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    • Ba Nassar respondeu Lilian Moraes 19/12/2016

      Sim, super legal né? Adorei o serviço deles, e pretendo utilizá-lo no futuro!!!